Absurdo! Ex mata mulher a tiros e com golpes de marreta no Rio

Mais Notícias

Um caso absurdo e muito revoltante vem chocando os moradores do Rio de Janeiro. Uma jovem, identificada por Bruna Araújo Carvalho, de 27, foi brutalmente assassinada pelo seu ex-marido.

Leia: Setor de operações da Ternium Brasil contrata em Santa Cruz

A princípio, o crime aconteceu no bairro Rio do Ouro, em São Gonçalo. Aroldo, o principal suspeito do crime, que também é conhecido por ‘Marola’, não se conformava com o término do casamento. Bruna era orientadora de trânsito e trabalhava na Prefeitura de Maricá.

Bruna aproveitou o seu dia de folga para buscar pertences pessoais na casa de Aroldo, ela teria ido ao local com o tio e a filha adolescente. No local, Bruna e Aroldo discutiram, e ele atirou duas vezes contra a vítima.

Veja também: Campo Grande: PM reage a assalto e mata criminoso; outro comparsa é agredido por populares

Mesmo ferida, a jovem conseguiu correr para o quintal da residência, mas acabou sendo encontrada por Aroldo, que ainda não satisfeito, deu vários golpes de marreta na vítima.

Após todo esse fato, ‘Marola’ roubou um veículo perto de sua casa e seguiu até a ponte Rio-Niterói com o objetivo de praticar suicídio. No entanto, ele foi resgatado por agentes da Gmar, do Corpo de Bombeiro, na praia da Moreninha. A Ecoponte ratificou que, pela manhã de hoje (13), houve uma tentativa de suicídio.

Segundo informações, o homem segue em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio.

Amigos e familiares estão revoltados com o crime. Bruna era uma jovem tranquila. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí apura o caso.

Deixe uma resposta

Mais Notícias

Rio tem 846 vagas de emprego

Rio - Pelo menos 846 vagas de emprego estão disponíveis no Rio de Janeiro. Há chances também para pessoas...

Mais artigos como este