Prefeitura de Niterói abre processo seletivo para área de Educação

0
151

A Prefeitura de Niterói publicou no Diário Oficial do Município neste sábado (20) o edital de abertura do processo seletivo simplificado para a contratação, em caráter emergencial, de 103 profissionais para a área de educação da cidade. As vagas são para 56 professores P1, profissionais formados em curso normal do ensino médio ou licenciatura em Pedagogia, mais 17 professores P2, aqueles com licenciatura na área exigida, e 30 merendeiras.

O processo seletivo está a cargo da Fundação Municipal de Educação de Niterói (FME) e consistirá em Inscrição online, via endereço eletrônico www.educacaoniteroi.com.br, análise da documentação entregue, pontuação da titulação acadêmica, qualificação e experiência profissional. As inscrições se iniciam neste sábado (20) e vão até a próxima quarta-feira (24).

Participe do Grupo de Empregos que mais cresce no Rio de Janeiro. Abaixo, confira a seção de grupos de emprego no WhatsApp e Telegram:

De acordo com o secretário municipal de Educação, Lincoln de Araújo, a contratação desses profissionais atende a uma demanda do município: “Com essas contratações, nós estamos reforçando a qualidade de ensino de Niterói, visando atender todos os nossos objetivos na inclusão social. A chegada desses professores e merendeiras, reforça a tradicional qualidade de nosso ensino. É importante dizer que a demanda das escolas municipais aumentou muito devido à procura de setores da classe média, atraídos pelo fato de sermos referência em ensino de qualidade”, explica Lincoln.

Em 1 de agosto, a rede municipal de Educação de Niterói já tinha ganho um reforço para a volta às aulas. Setenta professores de apoio para alunos especiais tomaram posse no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Eles vão auxiliar na aprendizagem de crianças com necessidades especiais nas unidades da rede.

PISO SALARIAL

A Secretaria Municipal de Educação (SME) vai conceder ajuste do piso salarial para 367 professores, de um total de 4.800 profissionais da rede municipal. Com a adequação o salário mínimo da categoria passa a ser de R$ 3.845,63. Os demais profissionais na rede já recebem valores iguais ou superiores ao piso nacional da categoria. O valor começa a ser pago em setembro.