Publicidade

Rio – A mulher que matou a própria filha de apenas 1 ano e 11 meses, ingeriu chumbinho e morreu após praticar o crime.

Leia: Supermercado abre vagas para operador(a) e repositor(a) em Santa Cruz

Identificada como Mila Cristina de Oliveira, a acusada estava sob os cuidados do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, Zona Norte do Rio, após ingerir o veneno.

Mulher presa em flagrante

A princípio, Mila foi presa em flagrante pelas autoridades policiais depois que vizinhos acionaram à PM. A saber, a bebê foi morta em Coelho Neto, bairro que também fica na Zona Norte, nessa segunda-feira (16). Um bilhete escrito por Mila foi deixado ao lado do corpo da criança. No papel, a mulher confessou ter cometido o crime.

Publicidade