Tragédia! Menina de 11 anos está em estado grave após acidente com carro alegórico

Mais Notícias

Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, que ficou ferida após se envolver em um acidente com um carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora, passa por uma cirurgia nesta quinta-feira e seu estado de saúde é considerado grave. A menina teve as pernas esmagadas em um poste quando o veículo passava por um trecho estreito da via e está internada no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. O acidente aconteceu na Rua Frei Caneca, na saída da Praça da Apoteose, no Sambódromo.

Leia: Paciência: família que era mantida em cárcere privado é socorrida por PMs

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a menina chegou a receber os primeiros socorros no posto médico montado na Marquês de Sapucaí e, em seguida, transferida para o hospital. O estado de saúde dela é considerado grave.

“Ela foi pra outra praça do outro lado, quando a mãe olhou ela não tava. Logo após, foi coisa de 5 minutos, já veio o irmão avisando que ela foi atropelada. O carro alegórico espremeu ela no poste. Ela estava bem encostada pra ver os carros passar. Estamos tentando assimilar o que aconteceu”, contou Aline da Mota, amiga da família, ao ‘Bom Dia Rio’, da TV Globo.

Duas testemunhas e dois motoristas do guincho que levava o carro alegórico prestaram depoimento na delegacia temporária que foi montada na altura do Setor 11 do Sambódromo e foram liberados em seguida.

Em nota, a LIGA-RJ, que organiza os desfiles da Série Ouro, disse que as ligas das escolas de samba do Rio de Janeiro estão abaladas e se solidarizam com a família da menina Raquel.

“A jovem menor subiu no carro alegórico fora do sambódromo, na Rua Frei Caneca, no Estácio após deixar a área de dispersão. Prontamente, em menos de dois minutos, ela foi socorrida e levada ao Hospital Souza Aguiar, onde foi submetida a cirurgias. Equipes das Ligas e da Escola acompanham o caso na unidade hospitalar ao lado da família desde o primeiro instante e também colaboram com as autoridades. Nesse momento, é preciso esperar a apuração da perícia e autoridades para novos esclarecimentos”.

Procurada pela reportagem de O DIA, a escola Em Cima da Hora ainda não se pronunciou sobre o acidente.

Deixe uma resposta

Mais Notícias

Santa Cruz: Um Bairro Imperial no Bicentenário da Independência do Brasil

Como parte da Semana Nacional dos Museus, o Santa Cruz Shopping em parceria com o NOPH Santa Cruz (Primeiro...

Mais artigos como este