Prefeitura multa 132 estabelecimentos no primeiro fim de semana de reabertura de bares no Rio

Mais Notícias

A prefeitura aplicou 132 multas no primeiro fim de semana da reabertura desses estabelecimento durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Ao todo, 180 pontos comerciais foram fiscalizados de quinta-feira até este domingo. A maioria das multas foi por falta de higiene, funcionamento irregular e aglomeração. 

Um restaurante que funciona no número 120 da Avenida Olegário Maciel, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi interditado e multado por aglomeração e falta total de higiene, principalmente, nos banheiros e na cozinha. O estabelecimento também recebeu um termo de intimação para a readequação das instalações e teve apreendidos 97 kg de carnes e queijos impróprios para o consumo.

“Constatamos diversas irregularidades neste estabelecimento. Na parte estrutural, identificamos pontos de infiltração, buracos na parede, falta de dispensadores de sabão e álcool gel para a higiene dos funcionários. Além disso, encontramos uma grande quantidade de alimentos sem procedência e com data de validade vencida, resultando não só na interdição como na apreensão e inutilização dos produtos”, ressaltou Flávio Graça, superintendente de Educação e Projetos da Vigilância Sanitária.

Ainda na Barra, agentes da Secretaria Municipal de Fazenda fiscalizaram o uso de mesas e cadeiras em 25 estabelecimentos nas ruas Armando Lombardi, Érico Veríssimo e Olegário Maciel. As multas nesses casos variam de R$ 133,73 a R$ 4.457,97.

Os agentes de controle urbano também participaram das ações em Campo Grande, onde uma barraca foi desmontada e guardas municipais impediram a montagem de uma feira não autorizada.

A pasta reforça que apenas ambulantes autorizados podem trabalhar com o comércio de rua na cidade. Os não legalizados são orientados pelos agentes a desocuparem a via pública, com o risco de terem a mercadoria apreendida.

Desde quinta, em toda a cidade, foram vistoriados bares de quase 30 bairros, como Copacabana, Leblon, Botafogo, Jacarepaguá, Tijuca, Bangu, Bonsucesso, Higienópolis, Cascadura, Padre Miguel e Campo Grande.
O foco principal das ações é conferir se as medidas higiênico-sanitárias para o combate à covid-19 estão sendo cumpridas. Além disso, são checados o distanciamento de dois metros entre pessoas e mesas, o uso de máscara e a disponibilidade de insumos para a higienização das mãos, como sabonetes líquidos nos lavatórios e de álcool 70% em gel nas áreas de circulação de funcionários e de clientes.

ZONA OESTE

No sábado, os agentes fecharam 43 de 99 estabelecimentos fiscalizados em Bangu, Campo Grande e Padre Miguel. Quinze ambulantes não autorizados foram orientados a se retirar das vias.

Além disso, foram vistoriados o calçadão de Bangu e entorno, com inspeções em bares e restaurantes de ruas como a Figueiredo Camargo (Ponto Chic, em Padre Miguel) e ainda a Rio da Prata e a Praça Mario Valadares, estas em Campo Grande.

A maioria dos estabelecimentos fechados desrespeitava o horário de funcionamento (até 23h) ou provocava aglomeração. Os agentes também orientaram bares e restaurantes sobre o correto distanciamento das mesas e o uso permitido da via pública.

ZONA SUL

Em Copacabana, guardas municipais acabou com a aglomeração de pessoas em calçadas e bares das ruas Rodolfo Dantas, Miguel Lemos, Sá Ferreira e Almirante Gonçalves.

No Leblon, um bar na Rua Dias Ferreira foi notificado por ocupar irregularmente a calçada e outro, na Avenida Ataulfo de Paiva, foi fechado por estar em funcionamento após o horário permitido (23h).

ZONA NORTE

Em Cascadura, guardas registraram infrações sanitárias em um bar na Rua Ernani.

Em Higienópolis, na Quinta da Boa Vista e no Porto Maravilha, as equipes emitiram mais de 20 Termos de Constatação de Infração Sanitária a cidadãos e estabelecimentos comerciais.

Fonte: O Dia

Mais Notícias

Classificados do Edimilson: veja as vagas de emprego da semana de 6 a 10 de junho

1. Comunidade Gerando Vidas A Comunidade Católica Gerando Vidas está com 288 vagas abertas para os seguintes cargos: Consultor de vendasAjudante de armazémMotorista...

Mais artigos como este