Orkut de volta? Criador diz: ‘vejo vocês em breve’

O fundador do ‘Orkut’, o engenheiro Orkut Buyukkokten, reativou a rede social e publicou uma mensagem dizendo que está construindo algo novo

0
520

E o Orkut, será que volta? Nesta quinta-feira (28), após dois dias de Elon Musk anunciar a compra da rede social Twitter, o site orkut.com voltou a funcionar. A informação trouxe esperança nas redes sociais e foi veiculada mundialmente.

Leia: Latam Airlines, Tim Brasil e SuperVia abrem vagas de emprego no Rio

A saber, o Orkut.com pertence ao engenheiro Orkut Buyukkokten que, à época, trabalhava na empresa Google. Após longos anos no ar, em 2014, o site foi descontinuado. No entanto, sob a justificativa de que ‘está construindo algo novo’, o site entrou no ar novamente.

Certamente, você deve ter sido pego de surpresa. Hoje, com a forte polarização das redes sociais da Meta (Facebook, Instagram) e também do TikTok, a esperança de que o Orkut talvez voltasse era de, praticamente, nula.

Todavia, embora o site esteja no ar, ainda não é possível criar conta na plataforma. Há apenas um texto dando a entender de, que sim, o famoso Orkut, deve voltar em breve.

ORKUT: o que diz o comunicado?

Olá,

Eu sou o Orkut. Dezessete anos atrás eu comecei uma pequena rede social enquanto eu era engenheiro no Google. Em apenas alguns anos, essa rede social – orkut.com – cresceu para uma comunidade de mais de 300 milhões de pessoas.

Acredito que o orkut.com encontrou uma comunidade porque reuniu tantas vozes diversas de todo o mundo em um só lugar. Trabalhamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde o ódio e a desinformação não fossem tolerados. Trabalhamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde você pudesse conhecer pessoas reais que compartilhavam seus interesses, não apenas pessoas que curtiram e comentaram suas fotos.

O mundo precisa de bondade agora mais do que nunca. Há tanto ódio online nos dias de hoje, e nossas opções para encontrar e construir conexões reais são poucas e distantes entre si. Sempre acreditei que uma amizade é mais do que um pedido de amizade, e dediquei minha vida a ajudar milhões de vocês a construir conexões autênticas com seus vizinhos, familiares, funcionários e os belos estranhos que entram em suas vidas.

Nossas ferramentas online devem nos servir, não nos dividir. Eles devem proteger nossos dados, não vendê-los. Eles devem nos dar esperança, não medo e ansiedade. A melhor rede social é aquela que enriquece sua vida, mas não a manipula. Eu quero que você seja capaz de ser seu verdadeiro eu, online e offline. Eu quero que você seja capaz de fazer conexões que grudem. Eu quero ajudá-lo a fazer isso com todo o meu coração.

Eu sou um otimista. Acredito no poder da conexão para mudar o mundo. Acredito que o mundo é um lugar melhor quando nos conhecemos um pouco mais. É por isso que criei a primeira rede social do mundo quando era estudante de pós-graduação em Stanford. É por isso que eu trouxe o orkut.com para tantos de vocês ao redor do mundo. E é por isso que estou construindo algo novo. Vejo você em breve!

O engenheiro ainda disponibilizou, abaixo do anúncio, uma caixa para registrar e-mail para receber futuras atualizações.

Deixe uma resposta