Publicidade

A MOBI-Rio informa que um articulado da nova frota que fazia a linha 51 (Recreio x Vila Militar), no corredor Transolímpica, teve um ferro de sustentação que se liga com o balaústre arrancado e furtado e um retrovisor interno próximo a uma das portas também arrancado e levado nesta sexta-feira (20/01).

Nesta semana, esse foi o terceiro articulado vandalizado da frota que começou a circular no dia 16 de dezembro. Na última quarta-feira, também na linha 51, o banco de um ônibus foi furado, os assentos danificados e a borracha da janela puxada e rasgada. No mesmo dia, em outro veículo, um homem chutou a porta e depois quebrou a tampa do sistema do equipamento.

Os reparos já foram feitos. Mas vale destacar que, para realizar os consertos, os ônibus ficam cerca de quatro horas fora de operação, prejudicando os passageiros. 

Publicidade