Rio – A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (27), Fernando Teixeira Alves, de 61 anos, condenado a 22 anos de prisão por estuprar a enteada em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. Os crimes aconteceram entre 2014 e 2016, quando a vítima tinha apenas 12 anos.

De acordo com as investigações, Fernando cometia uma série de atos libidinosos com a menina, na casa dele, em Rio das Ostras. Ele forçava relações sexuais, ameaçando a vítima e a família de morte caso ela contasse a alguém.

Na segunda-feira (25), o Tribunal de Justiça do Rio expediu um mandado de prisão definitiva contra o criminoso com pena de 22 anos e dois meses de prisão em regime fechado. Fernando foi detido pela Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter) e encaminhado ao sistema prisional.

Artigo anteriorPolícia investiga caso de intolerância religiosa contra terreiro de Sepetiba
Próximo artigoMétodo Wolbachia: mosquitos usados no combate à dengue são soltos em ação em três bairros do Rio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui