Connect with us

Rio de janeiro

Homem confessa que agrediu menina de 3 anos até a morte

Published

on

homem confessa que agrediu menina de 3 anos até a morte

Em um crime cruel e chocante, Carlos Henrique Júnior confessou ter assassinado sua enteada, Lara Emanuelly, de apenas 3 anos, na tarde deste domingo (14), no bairro Vila Rosali, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. A menina foi encontrada sem vida em cima da cama, com o padrasto ao lado do corpo, em silêncio.

Leia também: Morador de Santa Cruz, motorista de aplicativo, pede ajuda. Veja como ajudar

Segundo o relato de Carlos à polícia, ele espancou Lara por não querer tomar banho. No momento do crime, a mãe da menina, Thaíssa, estava fora de casa, levando a outra filha ao médico. Ao retornar, se deparou com a cena trágica e acionou a polícia.

Carlos Henrique foi preso em flagrante e encaminhado para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) assumiu o caso e investiga se o padrasto já havia agredido Lara anteriormente, e se os outros irmãos da menina também eram vítimas de maus-tratos.

Vizinhos da família relataram que ouviam gritos e choros de crianças com frequência na residência, o que levanta suspeitas de que Lara e seus irmãos sofriam violência doméstica. A DHBF busca agora por provas que comprovem ou refutem essas alegações.

O crime causou grande comoção na comunidade local e gerou revolta entre os moradores. A morte de Lara Emanuelly é mais um triste capítulo na luta contra a violência infantil no Brasil, e um alerta para a necessidade de medidas mais eficazes de proteção às crianças.

A equipe do Santa Cruz News expressa suas condolências à família de Lara Emanuelly e espera que a justiça seja feita neste caso.

Veja também

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não copie, Compartilhe!